O que são blocos dinâmicos do AutoCAD?

blocos dinâmicos do AutoCAD

Reprodução / Pixabay

AutoCAD é um software criado e comercializado pela Autodesk desde 1982. Seu uso se dá principalmente para elaboração de desenhos técnicos e para a criação de modelos tridimensionais. Por isso, ele é muito utilizado por profissionais e estudantes de áreas como engenharia elétrica e arquitetura.

Devido a todas suas funcionalidades e seu longo tempo de desenvolvimento, trata-se de uma ferramenta que não é fácil de ser utilizada, além de exigir um alto poder de processamento do computador.

Neste artigo, para ajudar você a se familiarizar mais com o software, vamos abordar um conceito muito importante para o uso do AutoCAD: os blocos dinâmicos. Nas próximas linhas, compreenda o que são blocos no AutoCAD, o que são blocos dinâmicos e onde eles são aplicados. Confira!

O que são blocos no AutoCAD?

Antes de abordar o conceito de blocos dinâmicos AutoCAD, é importante ter claro em mente o que são blocos neste software. Dessa maneira, de acordo com o site oficial da Autodesk, um Bloco CAD é um grupo nomeado de objetos que atuam como um único objeto em desenhos 2D ou 3D.

Em geral, eles são utilizados para a criação de conteúdos repetidos, como símbolos, componentes comuns e detalhes padronizados. Assim sendo, basta pensar em um bloco como um grupo de informações.

Essas informações, por sua vez, serão utilizadas em diversos momentos e, para isso, basta utilizar o grupo (bloco) e não todos os seus itens (informações). Com isso, a criação de modelos tridimensionais e desenhos técnicos se torna muito mais ágil e produtiva.

O que são blocos dinâmicos no AutoCAD?

Agora que você já sabe claramente o que é um bloco no AutoCAD, compreender o conceito de bloco dinâmico se torna bem mais simples. Como viu, um bloco agrupa informações para que elas possam ser facilmente reutilizadas e isso se mantém em blocos dinâmicos. Nessa lógica, a diferença se encontra em sua dinamicidade e daí vem o seu nome.

Enquanto os blocos comuns têm características “fixas”, os blocos dinâmicos podem ser facilmente alterados. Como exemplo, você pode imaginar um bloco que representa uma janela em seu projeto. Por meio das regras e restrições presentes nele, você pode facilmente alterar tanto a sua aparência quanto o seu comportamento.

Logo, é possível alterar o comprimento desta janela, por exemplo, de forma rápida e fácil. Desse modo, aplicá-la em outro local se torna bem mais prático, pois não é necessário criar um novo bloco somente para isso.

Assim, ao perceber que está se repetindo muito durante o desenvolvimento do projeto, você pode utilizar blocos dinâmicos e, então, reduzir o montante de trabalho bem como obter bons ganhos em eficiência.

Onde eles são aplicados?

Em seu site oficial de aprendizado, a Autodesk disponibiliza alguns exemplos de uso dos blocos dinâmicos. Dentre eles, destacam-se:

  • Alinhamento automático de um bloco aos objetos geométricos que representam uma parede ou uma tubulação;
  • Criação de alças de movimento adicional em um bloco;
  • Opção de escolha se um bloco é invertido ou espelhado ao ser inserido;
  • Controlar o tamanho ou a forma de um bloco.

Há, ainda, outros exemplos no próprio site e existem inúmeras outras aplicações de blocos dinâmicos do AutoCAD. No fim, tudo dependerá da sua necessidade no projeto em que trabalhar.