Lançada a identidade visual da Bienal de Design

A Bienal Brasileira de Design 2015 Floripa já tem uma identidade visual. O trabalho do designer Pablo Cabistani, gaúcho radicado em São Paulo, venceu a disputa e recebeu R$ 35 mil. O anúncio foi no início de dezembro (dia 4/12), na Federação das Indústrias de Santa Catarina (FIESC), em Florianópolis.

O trabalho buscou traduzir o tema da Bienal catarinense - "design para todos" - e concorreu com outros 90 trabalhos. Cabistani explica que quis dar "um visual de celebração com um toque popart". Para Roselie Lemos, Coordenadora Executiva da Bienal Brasileira de Design 2015, "a Bienal agora tem uma cara, que é vibrante, de energia, de vivacidade e de alegria, tudo aquilo que procurávamos". Bruno Porto, designer e presidente do júri do concurso, considera que o trabalho vencedor traduz também a diversidade brasileira. "Ele é focado nas pessoas e a função do design é servir a elas, é melhorar a qualidade de vida das pessoas", observou, ressaltando que a indústria tem papel fundamental nesse processo.

O presidente da FIESC, Glauco José Côrte, aproveitou a ocasião para lançar um desafio: quer transformar Santa Catarina no "Estado do Design". Segundo Côrte, "a indústria catarinense já percebeu que o design faz a diferença", disse durante cerimônia de anúncio do vencedor do concurso para criar a identidade visual da Bienal Brasileira de Design 2015 Floripa.

O evento contou com a presença do gestor de projetos da Apex-Brasil na Gerência de Inovação e Design, Marco Aurélio Lobo, do presidente da Fundação de Apoio à Pesquisa Científica e Tecnológica de Santa Catarina (Fapesc), Sérgio Gargioni e da diretora executiva do Centro Brasil Design (CBD), Letícia Castro Gaziri.




<< Voltar